Notice: Undefined index: param1 in /home/mindstoc/public_html/www.sidneimiranda.com.br/index.php on line 2
Sidnei Miranda , Porque fazer um curso de Leitura Dinâmica?
Facebook  Twitter2 
YouTube Linkedin

Porque fazer um curso de Leitura Dinâmica?

No Brasil, apenas um quarto da população é considerado “Leitor Pleno”. Esse número é divulgado a cada dois anos pelo Instituto Paulo Montenegro que realiza pesquisas na área da educação para o governo federal. Os dados são comparados com os últimos dez anos e não são animadores; na verdade, na última amostragem, os resultados pioraram.

Veja os resultados nesse link do Indice Nacional de Alfabetismo Funcional: INAF

 

Em torno de 11% é analfabeto e quase 100% dessas pessoas não tem condições de ser inseridos no mercado formal; acabam vivendo na informalidade ou em subempregos.

Dos 64% restantes, considerados alfabéticos funcionais, boa parte está nas faculdades e saem delas nas mesmas condições em que entraram, afirmam as pesquisas. Outro tanto, nunca vai fazer uma faculdade, engrossando o número daqueles que não reúnem qualificações profissionais para se elevar na carreira profissional. Parte do problema vem mesmo é do nível de qualificação dos professores, outra é responsabilidade do sistema de ensino escolhido, por fim o conjunto cultural do Brasileiro força a qualidade que se vê.

 

Fazer paralelo entre a capacidade de leitura com a carreira profissional é bem apropriado, principalmente se lembrarmos que toda forma de estudo depende de leitura. E não é só para os estudos que se aplica a leitura; diversão e lazer, informação e cultura, viagens e compras. Enfim, para quase tudo na vida a leitura está envolvida de forma natural.

Mas, onde ela se destaca como absolutamente necessária e decisiva na qualidade final dos resultados é na área de educação, consequentemente nos estudos. E o resultado dos estudos e da educação acadêmica é que prepara os profissionais para o mercado de trabalho.

 

A alfabetização é o processo pelo qual passamos para aprender a ler e escrever. Quem lê mal, normalmente escreve mal. A qualidade de um é consequência do outro e quando não é boa, ainda contribui para desanimar o leitor/estudante quando tem que enfrentar os estudos.

 

Há pesquisas que indicam que a escola tira não só a criatividade como também o gosto pelos estudos dos alunos. Em função desse fato é importante que o próprio estudante busque seu desenvolvimento. E o desenvolvimento da leitura é um dos requisitos mais importantes para tudo o que envolve os estudos e aprendizagem.

 

A escola não estimula seus alunos a desenvolverem novas técnicas para melhorar sua leitura. É o aluno quem precisa se conscientizar de que não está bem nesse quesito e deve buscar melhorias a fim de subir novos degraus na sua vida.

 

O que é a Leitura Dinâmica?

É um conjunto de técnicas de leitura que visa ao ótimo desempenho. Envolve velocidade, concentração, objetividade, entendimento, memória, entre outros elementos intelectuais.

 

A leitura dinâmica existe desde a década de 60 e foi desenvolvida por uma professor do ensino médio nos EUA chamada Evelyn Wood que até hoje já ajudou a desenvolver a leitura dinâmica em mais de um milhão de pessoas. Suas técnicas proporcionam resultados para que o  aluno:

  • Leia de cima para baixo e não da esquerda para a direita.

  • Leia grupos de palavras ou pensamentos completos e não uma palavra por vez.

  • Evite a releitura de parágrafos ao longo do texto.

 

Estes são apenas alguns dos resultados possíveis para se obter em um curso de leitura dinâmica.

A velocidade de leitura média de um aluno que termine o processo de alfabetização não ultrapassa as 120 palavras por minuto de velocidade. Um curso de leitura dinâmica vai acelerar esta velocidade de 2 a 10 vezes. Em meu curso tenho observado o mínimo de 3 vezes mais no aumento de velocidade dos alunos adultos que já chegam com uma velocidade média acima das 150 palavras por minuto. Cada aluno obtém um resultado particular, mas todos conquistam ótimos resultados.

 

Ler um livro inteiro é algo que muitos alunos no final do ensino médio nunca realizaram. E isso com 17 ou 18 anos de idade. O hábito de buscar resumo de livros na internet. De copiar e colar textos para a confecção de trabalhos sem ao menos ler o conteúdo vai reduzindo ainda mais a capacidade de leitura.

 

De onde vem os problemas com a leitura

Ler pode ser algo muito chato para a maioria das pessoas. Este problema é conquistado desde o processo de alfabetização. O processo vincula a velocidade da fala com a da leitura. Os alunos são estimulados a lerem em voz alta no início do aprendizado. Eles estudam a leitura a partir da visão isolada de sílabas, lendo uma por vez no início do processo. Tudo isso e outras estratégias ficam estabelecidas como um programa de leitura no cérebro do aluno. E vai funcionar assim para sempre caso ele não busque alterar seus efeitos que são:

  • Leitura muito lenta - O cérebro humano pode ler e entender muito mais rápido do que a velocidade que normalmente se lê sem leitura dinâmica.

  • Sono - A leitura é uma atividade passiva, ou seja, é só uma atividade para o cérebro realizar; há poucos estímulos em uma leitura muito lenta. E fazer isso do mesmo jeito que se fazia na infância pode ser tão chato que o cérebro acaba relaxando em excesso, causando o sono.

  • Dispersão e falta de memória - A própria leitura pode dispersar a atenção do leitor, principalmente se ele não tiver o hábito desenvolvido da leitura e de técnicas mais apuradas. Com dispersão em alta, não há criação de memórias. Falta atenção e objetividade.

  • Releitura - Voltar constantemente naquele parágrafo que não ficou claro. Isso é causado pela falta de concentração, dada pela dispersão. Isso também ajuda a desanimar no processo fazendo muita gente evitar a leitura de qualquer coisa.

 

Em algumas escolas, os professores que mais deveriam estimular os alunos a lerem, nem sempre são leitores. E como é que vai se estimular um jovem aluno a ler se o próprio professor não possui o hábito?

 

Outro motivo da falta de hábito é o fato de muitos alunos não terem contato permanente com os livros. Eventualmente, em suas casas nunca existiu uma estante ou prateleira com livros. Também pode ter acontecido de os filhos nunca terem presenciado seus pais com um livro nas mãos. Nunca ganhar um livro reforça a falta de interesse, bem como nunca alguém ter lido algo interessante para a criança quando pequena.

 

O excesso de televisão, games e internet mantém as pessoas longe da leitura e portanto longe do acesso a conteúdos relevantes que poderiam ajudar a construir uma intelectualidade mais vigorosa, mais inteligência e maior capacidade de absorver novos conhecimentos de qualquer área e em qualquer nível do saber, inclusive para os níveis sutis, sito a espiritualidade, afinal a intelectualidade é o andar de baixo da espiritualidade.

 

Todos estes problemas entre outros, como a dislexia, podem ser resolvidos ou minimizados com o treinamento da Leitura Dinâmica.

 

A leitura já fez muita diferença na vida de grandes homens e mulheres e vai continuar fazendo. Ela ajuda a descobrir o mundo à nossa volta além de a nós mesmos. Desenvolve a inteligência, aumenta o vocabulário, proporciona momentos ricos, interessantes ou profundos de interação com outras pessoas e alavanca a vida da gente em várias áreas, como a profissional por exemplo.

 

Fazer um curso de leitura dinâmica pode proporcionar uma experiência altamente marcante e transformadora. Em meu curso os alunos leem um livro inteiro na última aula, em apenas 60 minutos, e fazem um debate do conteúdo com os colegas de classe. E são muitos os que já passaram por essa experiência única para saírem do outro lado transformados e com um novo e poderoso futuro pela frente. Eu dou aula desse curso desde 1998.

 

Venha você também participar de uma turma, você vai se surpreender consigo mesmo.

 

Professor Sidnei Miranda

sidneimiranda.com.br

 

Central de Atendimento

Segunda à Sábado - Das 8h às 18h

Telefone: (55 11) 2836-2080 | (55 11) 94027-7221

Email: contato@sidneimiranda.com.br