Notice: Undefined index: param1 in /home/mindstoc/public_html/www.sidneimiranda.com.br/index.php on line 2
Sidnei Miranda , Você sabe montar seus objetivos?
Facebook  Twitter2 
YouTube Linkedin

Você sabe montar seus objetivos?

Você sabe montar seus objetivos e metas para o ano novo?

planejamento1Ano novo pede novas resoluções. E mesmo que as antigas e não realizadas ainda retornem à cena do novo ano, deverão ser vistas com novos olhos.
Quando mudamos de ano, novas energias somam-se à nossa mente e nova atitude deverá ser tomada diante dos novos desafios
É fato que vamos ver muitas coisas se repetindo. Muitos objetivos não sairão do papel. Quantas pessoas se propõe a emagrecer e não o fazem; a comprar um novo carro e não o fazem; a ler mais livros e não o fazem; a iniciar um negócio e não o fazem; a adquirir novos e melhores hábitos para tudo e não o fazem.
Por isso, antes de falarmos em como estabelecer novos objetivos e metas, gostaria de falar sobre o tema que vai, efetivamente, nos lançar a um ano de verdadeiras mudanças.
O comprometimento.
Sim, porque, sem ele, nada será feito mesmo!
Para falar desse tema, gostaria que você observasse sua própria vida. O que tem feito no decorrer dos últimos meses. Como tem se comportado, o que tem feito, que lugares tem frequentado e com o que tem se comprometido.
Veja que já existe um padrão de comportamento que denota como é sua vida e como são seus compromissos. Isso é uma tendência. Observe bem que se você continuar a fazer as mesmas coisas vai continuar obtendo os mesmos resultados.
Gostaria também de analisar algumas palavras, começando por “obter”. Ela é composta de um prefixo “ob” que vem do latim e significa o que está antes. Para ter algo, precisamos da ação, do trabalho.
Comprometimento é o quanto estamos envolvidos, empenhados, implicados. Tem relação com responsabilidade e mais, com entrega total, com fidelidade.
A questão mais central em torno de nossas metas e objetivos novos para o novo ano tem relação direta com o quanto estamos comprometidos e o quanto seremos fieis ao plano.
E tem gente que até põe o objetivo no papel, mas, por fim, não chega a traçar um plano.
Se você realmente quer atingir um novo objetivo, terá que se comprometer de verdade. Vai precisar ser fiel ao seu propósito e parar de dar desculpas. As desculpas perpetuam o fracasso e são a linguagem dos medíocres.
Para conquistar um novo objetivo é necessário se dar conta de que algumas coisas terão que mudar. Vamos precisar abrir mão de algo que será substituído pelo novo. Novas atitudes serão adotadas, e uma nova visão das coisas vai se estabelecer em função disso.
Vamos ver os passos necessários para construir novos objetivos.
Primeiro passo:
Coloque no papel, escreva seus objetivos. Não julgue, ainda não é hora de fazer isso e tem uma maneira certa de fazê-lo. Faça uma lista, sem ordenação, sem regras, apenas escreva tudo o que vier em sua mente de novos objetivos.
Segundo passo.
Separe seus objetivos por áreas afins. Coloque cada objetivo em sua área específica. Isso vai ajudá-lo a colocar a energia adequada e encontrar os recursos corretos para o perfeito atingimento. Facilita uma visão de perspectiva mais equilibrada e organiza sua mente.
Uma sugestão para isso é colocar seus objetivos dentro de temas da sua vida, como: Material, econômico, família, viagens, trabalho, educação, leitura, relacionamento, emocional, espiritual, etc. Veja quais são as áreas onde seus objetivos se encaixam. Depois disso, analise que outros propósitos podem ser listados dentro de cada área.
Terceiro passo.
Quebre seus objetivos em metas menores. Estabeleça passos para sua conquista. Pergunte-se: O que eu preciso fazer para conquistar esse objetivo? Coloque os passos à frente do objetivo, como se fosse uma lista horizontal. Agora coloque datas para cada um deles. Não precisa ser rígido nessa etapa, apenas dar um prazo para cada uma. Lembre-se também de dar um prazo final para o alcance do grande objetivo, além das metas menores. Nesse momento ainda não é importante se você vai atingir seu objetivo nessa data com precisão, ela poderá ser alterada ao longo do tempo. Tenha em mente que nossa vida futura ainda não existe; está sendo criada e muita coisa ainda poderá acontecer.
Sugiro que você monte uma planilha ou organize em uma ou mais folhas de papel A4 esse plano.
Quarto passo.
Aqui vem o estabelecimento de critérios, que é uma forma mais racional de julgamento.
Ponto de partida:
Pergunte-se: Esse objetivo é possível para mim? Não estou sendo muito ousado? É importante que seus objetivos sejam viáveis e factíveis. Viajar para Marte no próximo ano pode ser algo bem difícil de se conquistar. Ao mesmo tempo, comprar uma barra de chocolate suíço pode não ser um objetivo muito difícil, apesar de muito prazeroso. Estabeleça objetivos que despertem desafios sadios e equilibrados, dentro de seus limites pessoais e particulares.
Ele depende de mim apenas, ou de outra pessoa? (Se depender de outra pessoa, poderá ser uma fonte de frustração. E se for assim, veja uma jeito de selecionar apenas o que “você” pode fazer para contribuir favoravelmente para a construção do objetivo desejado)
Ecologia:
O que vou perder (deixar pra trás, abrir mão, parar de fazer, etc.) para obter o que preciso? O que vou ganhar com isso? Esse objetivo vai atingir (influenciar, prejudicar, beneficiar) outras pessoas? (Quem, quais? Quais as consequências? Posso minimizar isso, ou resolver? Como?) Qual é o meu grau de comprometimento com o novo estado?
Recursos:
O que eu já tenho que pode me ajudar a atingir tal objetivo? O que me falta pra atingir tal objetivo? O que devo fazer e como, para conquistar esse recurso? (Isso se torna uma nova meta)
Quinto passo.
O que devo fazer em primeiro lugar? Qual é a primeira coisa que devo fazer para iniciar a construção desse objetivo? Qual é o melhor primeiro passo a tomar na direção do meu plano?
Sexto passo.
Isso vale a pena? É mesmo o que eu quero? Minha vida vai ficar melhor? Preciso ajustar algo? Vai me proporcionar mais felicidade? Poderei ajudar outras pessoas com isso? O mundo será melhor quando eu atingir meu objetivo?
Sétimo passo.
Ação. Fazer, começar, iniciar, partir para a realização.
Ou, como dizia o Caetano Veloso: “Ou não!”
Se você descobriu no sexto passo que não vale a pena, é hora de tomar a decisão certa de abrir mão do objetivo. Pode ser por algum tempo, pode ser para sempre. E você ainda poderá substituí-lo por outro melhor, ou menor, ou maior. Depois de analisar tudo isso, você certamente vai saber qual o melhor caminho a seguir.
Estes sete passos conduzem qualquer pessoa por quatro etapas filosóficas fundamentais para a realização de qualquer objetivo:
Primeiro você propõe algo para si mesmo. Todas as pessoas passam por essa etapa, vivem se propondo coisas novas e realizando parte delas. Muitas pessoas tem o hábito de propor coisas para as outras pessoas e nem sempre elas fazem com elas mesmas.

cumprindo metas
Segundo, você delibera o que pode a respeito de seu objetivo. Deverá saber tudo o que está implicado para a obtenção dele. Qual é o caminho a ser trilhado até atingi-lo, que recursos serão necessários, quem está envolvido, e se ele é do tamanho ideal para você.
Terceiro, você tem a etapa da decisão, que é importantíssima. Muita gente para aqui e não prossegue. Muita gente, curiosamente vive decidindo pelos outros, mas tem maior dificuldade em decidir por si mesmo. Como você funciona para essa etapa? Tomar a decisão é o que separa as crianças dos adultos. Precisa coragem.
Quarto, aqui é onde verdadeiramente começa o trajeto. Até então estávamos trabalhando com a mente, com o intelecto, com o cérebro. Agora é hora de usar outros músculos. É aqui onde começa a transformação. A magia se dá quando os elementos são transformados. Você constrói novas realidades, vive novas aventuras, experimenta novas vidas e mais felicidade.
Quando você chegar aqui, vai acumular novos pontos de satisfação. Psicologicamente são nódulos de energia poderosos que fortalecem seu caráter. Esses pontos internos são memórias muito fortes de sua capacidade de realização. Fortalecem sua autoestima e edificam sua autoimagem. Tudo isso faz com que você cresça em todos os sentidos. Afinal a vida é uma sequência de objetivos a serem alcançados, ou não é? É um processo onde você é o autor e principal protagonista.
Então, o que está esperando, mãos à obra da sua vida e vamos em frente.
Sucesso.
Sidnei Miranda.

Central de Atendimento

Segunda à Sábado - Das 8h às 18h

Telefone: (55 11) 2836-2080 | (55 11) 94027-7221

Email: contato@sidneimiranda.com.br